Google+ Luz para os povos sudoeste, igreja em celulas Junho 2011 ~ Luz para os Povos Ministério Apostolico-Sudoeste

Vende-se uma Tenda

Mais informações Falar com Ronaldo (92 92622970)

Ajude-nos a construir o nosso templo

Dêem, e lhes será dado: uma boa medida, calcada, sacudida e transbordante será dada a vocês.Lucas 6:38

Officina Vip Conserto de Roupas e Lavanderia

quinta-feira, 23 de junho de 2011

O que os problemas fizeram com Asafe

 
Texto : Salmo 77

Objetivo: Mostrar um Deus que se compadece do homem e lhe tira de muitas angustias.

Introdução : Asafe escreve este salmo com muita angustia de coração, mas no final ele mesmo obtém a vitoria e da testemunho.

1-Fez Asafe pensar que Deus não estava com Ele. Nos versículos 2 e 3 Asafe diz que ao lembrar de Deus seu espirito se desfalecia. Muitas vezes passamos problemas em que parece que Deus esta distante e imparcial, mas isto não é verdade pois Jesus esta conosco todos os dias de nossas vidas.

2-Fez Asafe ficar com insônia e mudo diante de tanta tristeza. No versículo 4 vemos isso e é o que acontece com algumas pessoas que são extremamente afetadas pêlos problemas. No Salmo 4 diz “em paz me deito e logo pego no sono, por que, Senhor só tu me fazes repousar seguro”

3-Fez Asafe pensar que o passado foi melhor. No versículo 5 ele cita que passou pelo seu pensamento seu passado. Lembremos que satanás quer usar nosso passado contra nós e nos fazer desfalecidos no presente e perdermos nossas bênçãos futuras.

4-Fez Asafe ficar com muitos conflitos emocionais. No versículo 6 mostra que havia muitas duvidas dentro de Asafe e elas o faziam enfraquecer, mas Jesus veio para nos dar certezas pela fé . Leia Hb 11:1-2

5-Fez Asafe questionar a Deus. Nos versículos 7-10. Deus nunca nos abandonou e sempre quer nos abençoar, mas precisamos acreditar em seu caráter e em seu amor por nós.

Ministração : No final Asafe creu e confessou a vitoria, leve sua célula a fazer o mesmo.

Por: Pr Rodrigo
Luz Para os Povos Ministério Apostólico

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Tesouro Eterno


Porque não sabem fazer o que é reto, diz o SENHOR, entesourando nos seus palácios a violência e a destruição (Amós 3.10).
Este é o retrato da nossa sociedade: as pessoas não admitem que não sabem fazer o que é reto. A Palavra de Deus declara que as nossas justiças são como trapos de imundícia (Is 64.6) e mesmo o mais justo entre os ímpios não passa de vaidade (Sl 39.5b). Todos os perdidos estão entesourando nos “palácios”, que criam em sua mente, a violência e a destruição. O mesmo fazem no lar, trabalho, círculo de amizades etc. Sem o lavar regenerador da Palavra, todos trabalham em vão (Sl 127.1; Tt 3.4-7).
Basta lermos esta e outras revelações da Palavra de Deus, para entendermos como é a nossa sociedade, a qual vive em pura hipocrisia. Se as pessoas se humilhassem diante do Senhor, experimentariam um poder que as faria pensar e agir melhor. O Pai não está somente no trabalho de salvar almas, mas de limpá-las de todas as contaminações e sará-las de quaisquer fraquezas que, com a queda de Adão, vieram sobre a raça humana. 
Pouca gente admite que sabe fazer o que é certo. Há aqueles que até se orgulham de algum ato “bom” que praticaram e, conseqüentemente, gostam de chamar a atenção e receber os louros por suas ações. No entanto, Deus precisa de pessoas que realmente Lhe sirvam. Quem assim o faz torna-se verdadeiro benfeitor para a humanidade.
O que são as nossas justiças? Diante da verdadeira Justiça, as nossas se empalidecem e tremem de vergonha. Tudo aquilo que o homem sem a unção divina faz é vaidade. Há sempre um interesse escuso ou, pelo menos, estranho atrás de todas as obras realizadas sem a participação do Senhor. Somos extremamente vaidosos e operamos somente nesse âmbito.
A mente humana é vastíssima. Dentro de cada um de nós há “palácios” que criamos, sonhos que não publicamos e propósitos que perseguimos. Mas, quando encontramos Jesus, devemos entregar-Lhe todos os nossos projetos. O que conseguimos nesta vida é entesourar nesses “castelos” que ninguém vê e conhece. Lá dentro, muito bem guardadas, estão a violência e a destruição.
Sem a lavagem regeneradora operada pela Palavra e pelo Espírito Santo, o homem trabalha por nada. Porém, com a unção do Altíssimo, conseguimos entesourar boas coisas para a eternidade (Pv 7.1,2; 1 Tm 6.17-19).

Por: Pr Rodrigo

Luz Para os Povos Ministério Apostólico

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More